Quadros Comparativos: Como Fazê-Los, Informações E Exemplos

Quadros Comparativos: Como Fazê-Los, Informações E Exemplos

o Que é um quadro comparativo? O quadro comparativo é um organizador de infos, que permite reconhecer as semelhanças e diferenças de dois ou mais instrumentos ou eventos. Quais são suas características? É formado por um estabelecido número de colunas em que se lê o dado em maneira vertical. Permite identificar os elementos que se deseja comparar.

A título de exemplo, semelhanças e diferenças de algo. Permite digitar as características de cada material ou evento. Como se elabora um quadro comparativo? Identificar os elementos que se deseja comparar. Apontar os parâmetros pra comparar. Identificar as características de cada utensílio ou evento. Construir afirmações onde se enumeram as afirmações mais primordiais dos elementos comparados.

  1. 20:03: Marcelo: “Keylor é um porterazo e tem todo o nosso suporte”
  2. Bulls 86-81 Bobcats: Deng há de Rosa
  3. Material do ABS, que é versátil e ambiental. Qualidade de segurança pra moças / fedelhos
  4. um Culturas indígenas 7.1.Um Bribri e cabécar

Sua viagem foi trabalhoso: costumam ter pouca comida ou água, lidiaron com enxames de mosquitos, tiveram que enfrentar até com quarenta cliques por dia e dormem em quartos cheios de ratos. O livro que escreveram após esta viagem destacava mais a antiga arquitetura que viram no território que a cultura contemporânea.

Os Workman possuíam um nível de conhecimentos de história da Índia, pouco tradicional nos ocidentais da data, e tinham lido o Jakata, ou Mahabharata e Rāmāyaṇla antes de partir nesta viagem. De acordo com Miller, estavam ansiosos por aprender sobre a cultura que produziu estas obras épicas e passaram mais tempo estudando a história antiga do território que interagindo com seus habitantes.

No decorrer do verão de 1898, o casal decidiu escapulir do calor e explorar o Himalaia ocidental e Atraiu. Depois, tinham o intuito de explorar o território em redor do Kanchenjunga em Sikkim, e enfim viajar pra montanhas fronteiriças com o Butão, a leste.

não obstante, os defeitos burocráticas e as dificuldades atmosféricos foram vários e os impediu de fazer esses planos. Seu principal problema foi o relativo aos trabalhadores locais. Contrataram quarenta e cinco carregadores, equipados de forma básica para a viagem na montanha, e compraram provisões, todavia os custos aumentaram de modo desproporcional em conexão as noticias a respeito dois ricos americanos começaram a circular pelas moradias da área.

Não puderam descrever até 3 de outubro, e assim o frio estava se aproximando. Workman queixaram-se em seus escritos os carregadores que tinham contratado, com quem era trabalhoso trabalhar e que recusavam percorrer mais de 8 km por dia.

A 3 dias de começar a sua viagem, os Workman se encontraram com a neve, e os seus carregadores se rebelaram e se recusaram prosseguir a trabalhar nessas condições de gelado, obrigando a que o grupo inteiro tivesse que retirar-se a Darjeeling. Workman tiveram que encarar problemas de serviço, continuamente, precisando de carregadores locais pra transportar a sua equipe, em razão de eles só não eram capazes de transportar o objeto bastante para uma expedição de abundantes meses. Tinham que transportar lojas mummery, sacos de dormir, câmeras fotográficas, instrumentos científicos e uma enorme quantidade de comida. Os porteadores que contrataram eram céticos de toda esta aventura. Os nativos quase nunca escalaban as montanhas da localidade e não estavam acostumados a ganhar ordens de uma mulher, o que dificultava a localização de Fanny.

Classificado como: